Educação para as relações étnico-raciais

caminhos para uma formação antirracista

Autores

  • Flavia Sampaio Instituto Federal Fluminense

Palavras-chave:

Relações étnico-raciais, Educação antirracista, NEABI, Eurocentrismo, Colonialismo

Resumo

Os conhecimentos acerca das questões étnico-raciais, até muito pouco tempo, refletiam uma visão eurocêntrica da questão. Nos últimos anos, vêm crescendo o número de reflexões que se propõem a questionar tal abordagem, buscando analisar esta problemática sob um olhar não eurocêntrico. Nesse sentido, o presente projeto de extensão tem como objetivo propor um estudo sobre as relações étnico-raciais a partir de uma perspectiva crítica ao eurocentrismo e ao colonialismo. O NEABI do IF Fluminense campus Itaperuna propõe-se, dessa forma, a ser um desdobramento dos projetos já desenvolvidos pelo núcleo nos anos anteriores. Desse modo, ao longo do ano de 2021, oferecemos atividades diversas para a comunidade interna e externa envolvendo as questões conceituais levantadas no projeto, disponibilizando a todos os interessados pelo tema os subsídios para um aprofundamento nos estudos da questão étnico-racial no Brasil. As principais atividades desenvolvidas pelo núcleo no corrente ano foram a criação de um podcast e a realização do “Novembro Negro”, evento que trouxe três dias de atividades e palestras acerca da questão do negro no Brasil.

Downloads

Publicado

2022-06-30

Como Citar

SAMPAIO, F. Educação para as relações étnico-raciais: caminhos para uma formação antirracista. Encontro de Cultura do IFFluminense, [S. l.], v. 4, 2022. Disponível em: https://anais.eventos.iff.edu.br/index.php/encontrodeculturaiff/article/view/621. Acesso em: 3 dez. 2022.

Edição

Seção

Cultura na indissociabilidade do Ensino, Pesquisa e Extensão

Categorias