“Corpos em Tecnovívio”

como repensar a docência “em” e “para” um ensino remoto

Autores

  • Matheus Campista Mariano Instituto Federal Fluminense
  • Bianca Rangel Batista Instituto Federal Fluminense
  • Mônica Cristina Mesquita de Souza Instituto Federal Fluminense

Palavras-chave:

Tecnovívio, Ensino Remoto, Teatro Físico, Tecnologia Digital, Cena expandida

Resumo

Este trabalho é um relato de experiências focado nas ações de extensão promovidas de maneira online durante a pandemia no ano de 2021, pelo projeto de pesquisa e extensão Núcleo de Pesquisas, Experimentações e Práticas em Artes Corporais Cênicas – Teatro Físico (Dança, Teatro e Circo) do Instituto Federal Fluminense campus Campos Centro. Considerando que em 11 de março de 2020 a Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou que a disseminação do COVID-19 em todos os continentes caracterizou uma pandemia mundial, o projeto dedicou-se a repensar suas atividades no formato online, dando início assim, a produção do evento online e gratuito, em 2020, chamado “Simpósio de Teatro Físico – Corpo, Tecnologia e a Cena Expandida” com palestras transmitidas e salvas no canal do YouTube do projeto. O Núcleo de Teatro Físico IFF iniciou em abril de 2021 as Vivências Práticas, ofertadas toda quarta-feira das 18h às 19h pelo Google Meet e aberta a toda comunidade interna e externa. O objetivo dessas vivências é experienciar possibilidades de aulas e práticas corporais por meio de jogos e exercícios de teatro, dança e circo mediados pela tecnologia digital e adaptados para o ensino remoto, cujo suporte originou-se das discussões realizadas através de encontros semanais organizados pelo grupo visando a discussão a partir dos movimentos artísticos ocorridos na segunda metade do séc. XX como a Videoarte, Videodança e outros movimentos que incorporam as tecnologias digitais às Artes da Cena. Como referências, trabalha-se o conceito de cena expandida entre teatro-dança, com técnicas de audiovisual associadas ao conceito de zonas liminares de convívio e tecnovívio (mediação por máquinas), proposto por Jorge Dubatti. Em sua primeira edição, oferecida como atividade referente ao ano letivo 2020.2, as Vivências Práticas contou com uma média de 20 participantes, sendo estes alunos dos cursos de licenciaturas do IFF, professores e comunidade externa da região e de outros quatro estados na união. Atualmente o projeto oferta sua segunda edição, contribuindo desta forma para a promoção de práticas online em Teatro.

Downloads

Publicado

2022-06-30

Como Citar

CAMPISTA MARIANO, M.; RANGEL BATISTA, B. .; CRISTINA MESQUITA DE SOUZA, M. . “Corpos em Tecnovívio”: como repensar a docência “em” e “para” um ensino remoto. Encontro de Cultura do IFFluminense, [S. l.], v. 4, 2022. Disponível em: https://anais.eventos.iff.edu.br/index.php/encontrodeculturaiff/article/view/631. Acesso em: 2 dez. 2022.

Edição

Seção

Possibilidades e desafios no Ensino de Artes nas modalidades virtuais

Categorias