Resistir para Ser

a promoção do autocuidado e bem estar em tempos pandêmicos por meio do projeto “NeuroArt2”.

Autores

  • Bianca Isabela Acampora e Silva Ferreira Instituto Federal Fluminense
  • Jonas Defante Terra Instituto Federal Fluminense
  • Natália Tarouquela Corrêa Natalini Instituto Federal Fluminense
  • Kleverson Gonçalves Willima Instituto Federal Fluminense
  • Iara Souza Lima Instituto Federal Fluminense

Palavras-chave:

NeuroArt., Autocuidado., Bem-Estar., Resistência., Pandemia.

Resumo

O desenvolvimento do autocuidado e bem estar é um desafio, sobretudo porque os índices de estresse, depressão, baixa autoestima, desemprego vem aumentando significativamente com o surgimento da Pandemia de COVID-19. O projeto NeuroArt consiste na criação de estratégias para o desenvolvimento competências criativas, metacognitivas e socioemocionais que possibilitem o bem estar e, consequentemente, a sincronia com seus projetos de vida e a permanência em seus estudos, trabalho, vida social e afetiva.  O espaço físico do situa-se na sala 123.6, Bloco B no IFFluminense campus Centro em parceria com o projeto Ateliê Criativo. Os objetivos deste projeto são: incentivar o desenvolvimento do indivíduo através da atenção em seus pensamentos, sentimentos e ações, exercitando a  autopercepção; o autoconhecimento; o autocuidado e ampliando as possibilidades de autorregulação e bem estar. O público atendido consiste na comunidade interna e externa do IFFluminense. Este projeto foi criado no ano de 2021, tendo a primeira edição realizada até abril e a segunda edição de maio a dezembro deste ano. Os procedimentos adotados são: parcerias com o projeto “Ateliê Criativo: espaço de transformatividade” e com 18 estagiários do curso de pós-graduação em Arteterapia em educação e Saúde do Instituto Ser e Crescer para a oferta de oficinas semanais, online e ao vivo, pela plataforma Zoom, com duração de sessenta minutos, com duas turmas sendo uma às quartas-feiras e outra às sextas-feiras. As oficinas englobam o processo de partilha de sentimentos, emoções e percepções de si mesmo acerca das vivências cotidianas após sensibilização com processos artísticos propiciadas a partir das oficinas do Projeto Ateliê Criativo.  Como resultado tem-se 356 inscritos espalhados entre 33 municípios brasileiros, alcançando um total de 10 estados. No ano de 2021 foram realizados 104 encontros ao todo, tendo como proposta de encerramento a apresentação de um vídeo com depoimentos hospedado no blog https://ateliecriativoiff.wordpress.com/.

Biografia do Autor

Bianca Isabela Acampora e Silva Ferreira, Instituto Federal Fluminense

Professora. Escritora. Artista Plástica. Palestrante. Doutora em Ciências da Educação (Universidad Americana/PY). Mestre em Cognição e Linguagem (UENF/RJ). Especialista em Neuroaprendizagem, Psicopedagogia e Arteterapia. Graduada em Pedagogia. Áreas de pesquisa: Educação; Neurociências Cognitivas; Neuroeducação; Dificuldades e transtornos de aprendizagem; Compreensão Leitora; Inteligências Múltiplas; Aprendizagem Significativa; Gamificação, jogos e lúdico na educação; NeuroArte: Criatividade; Arte; Gestalt; Psicologia Analítica; Terapias Integrativas; Desenvolvimento Humano; Despertar das Potencialidades; Habilidades e Competências Socioemocionais: Autoconhecimento, Autoestima, Autonomia, Propósito, Autorregulação e Realização.

Jonas Defante Terra, Instituto Federal Fluminense

Licenciado em Matemática (2009) e em Teatro (2019) pelo Instituto Federal Fluminense campus Campos Centro. Mestre em Engenharia de Produção (2015) pela Universidade Cândido Mendes. Especialista em Educação a Distância (2012) pela Universidade Católica Dom Bosco. Especialista em Arte-Educação (2020) pelo Centro Universitário Senac. Desde 2002, atua como ator e maquiador do Grupo Nós do Teatro. Iniciou, em 2008, sua atuação no Instituto Federal Fluminense (IFFluminense) como Técnico Administrativo em Educação. Coordenador dos Núcleos sobre Gênero, Diversidade e Sexualidade (NUGEDIS) e sobre estudos Afro-brasileiros e Indígenas (NEABI) do campus Campos Guarus. Atualmente, é responsável pela Coordenação de Políticas Culturais e Diversidade, vinculada a Pró-Reitoria de Extensão, Cultura, Esportes e Diversidade (PROEX) do IFFluminense, sendo responsável pela elaboração e gestão das políticas culturais, como também pelo fomento aos projeto culturais e de diversidade de todos os campi do Instituto. Coordena projetos culturais de extensão que têm a produção cultural como potência para a circulação de fazeres e para o intercâmbio de saberes artístico-culturais.

Natália Tarouquela Corrêa Natalini , Instituto Federal Fluminense

Possui graduação em Bacharel em Produção Cultural pela Universidade Federal Fluminense(2018). Tem experiência na área de Artes, com ênfase em Teatro.

Kleverson Gonçalves Willima, Instituto Federal Fluminense

Professor em formação e amante do conhecimento. Licenciando em Letras - Português e Literaturas pelo IFF campus Campos Centro e em Letras, com habilitação em Português e Espanhol pela UniFAEL, polo presencial de Campos dos Goytacazes - RJ. Fiz parte da Comissão Eleitoral Local 2019 do campus Centro do IFF e, atualmente, faço parte da Comissão Própria de Avaliação (CPA) do mesmo campus. Além disso, sou, também, membro discente do Colegiado de Letras - Português e Espanhol da UniFAEL. Bolsista de extensão do projeto "Internacionalización en Casa: una propuesta para desarrollar la competencia intercultural y promover la ciudadanía global", voluntário nos projetos NeuroART II (extensão) e Ateliê Criativo (cultura) e pesquisador na área de Língua(gem) e Sociedade com ênfase em Sociolinguística. Tenho experiência nas áreas de Ensino de Línguas Adicionais com ênfase em Espanhol, Patologias Sociais (machismo/sexismo/patriarcado, racismo e homobitransfobia) e Sociolinguística.

Iara Souza Lima, Instituto Federal Fluminense

Possui graduação em Turismo pelo Centro Universitário Fluminense (2010). , Cursando Licenciatura em Teatro no IFF, extensão em arte e cultura pelo Isecensa

Downloads

Publicado

2022-06-30

Como Citar

ACAMPORA E SILVA FERREIRA, B. I.; DEFANTE TERRA, J. .; TAROUQUELA CORRÊA NATALINI , N. . . . .; GONÇALVES WILLIMA, K. . . . .; SOUZA LIMA, I. . Resistir para Ser: a promoção do autocuidado e bem estar em tempos pandêmicos por meio do projeto “NeuroArt2”. Encontro de Cultura do IFFluminense, [S. l.], v. 4, 2022. Disponível em: https://anais.eventos.iff.edu.br/index.php/encontrodeculturaiff/article/view/607. Acesso em: 26 nov. 2022.

Edição

Seção

Resistência cultural nos tempos de distanciamento social

Categorias