Da Mulher em Movimento

Quando a Poesia “Arrebenta” em Discurso Vivido

Autores

  • Lays Gabrielle Neves Moreno Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense - campus Macaé/RJ

Palavras-chave:

Subjetividade, Performance, Literatura, Slammers, SLAM

Resumo

Esta pesquisa a ser desenvolvida em um doutorado encontra bases no Poetry Slam: campeonatos de poesia falada, originados em Chicago, nos Estados Unidos, no final da década de 80 e posteriormente difundidos por outras partes do mundo. O movimento chega ao Brasil em 2008, em São Paulo, pelas cordas vocais de uma mulher: Roberta Estrela D’Alva. Nessas batalhas poéticas e performáticas, os slammers inauguram um espaço entre a escrita, a oralidade e o imagético, deslocando fronteiras entre centro e periferia, público e privado; ampliando a própria noção de campo literário e poesia contemporânea, que se tece aqui na trama das relações humanas, seus corpos e intersubjetividades e na relação da construção de sentidos e saberes com seus espaços de produção e circulação. Nesse primeiro momento da investigação, me interesso por mapear, de maneira genérica e apreciativa durante essa fala, numa espécie de cartografia afetiva, algumas vozes da poesia slam brasileira em cena desde Sobral, no interior do Ceará, passando por Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo. Observando suas principais características de expressão enquanto escritores e poetes, e enquanto integrantes de diferentes coletivos que narram corpos outrora silenciados.

Biografia do Autor

Lays Gabrielle Neves Moreno, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense - campus Macaé/RJ

Professora de Espanhol do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense - campus Macaé/RJ

Downloads

Publicado

2021-09-22

Como Citar

NEVES MORENO, L. G. . Da Mulher em Movimento: Quando a Poesia “Arrebenta” em Discurso Vivido. Seminário Virtual da Mulher, [S. l.], 2021. Disponível em: https://anais.eventos.iff.edu.br/index.php/svmulher/article/view/59. Acesso em: 17 jul. 2024.