Análise do ensino de ciências nas escolas públicas nos municípios de Aperibé, Cambuci, Itaocara e São Fidélis e elaboração de atividades lúdicas para a temática “Matéria E Energia” com perspectiva agroecológica segundo a nova base nacional comum curricular (BNCC)

Autores

  • Ronald dos Santos Merlim Instituto Federal Fluminense
  • Lana Ferreira Soares Passos Instituto Federal Fluminense
  • Ramon Bruno Pires da Silva Instituto Federal Fluminense

Palavras-chave:

Ensino, Ciências, Agroecologia, BNCC

Resumo

O município de Cambuci localiza-se no noroeste fluminense e apresenta um campus do Instituto Federal Fluminense com cursos técnicos em agropecuária e agroecologia. O presente projeto busca investigar como as escolas públicas desses municípios estão inserindo a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) na disciplina de ciências e oferecer atividades lúdicas para os docentes para abordar assuntos da temática “Matéria e Energia” com um viés agroecológico. Este resumo analisa a primeira ação do projeto de extensão que consistiu na aplicação de um questionário no Google forms para os professores que ministram a disciplina de ciências, do sexto até o nono ano do ensino fundamental. Dezesseis professores de treze escolas responderam o questionário, e a análise das respostas mostraram que todas as escolas públicas, municipais e estaduais, já implantaram a BNCC no currículo. A maioria dos professores (93,75%) responderam que os materiais didáticos adotados na escola estão de acordo com a BNCC. A metade dos profissionais declararam que realizaram alguma capacitação ou curso para auxiliar nessa transição. Em relação a formação dos profissionais, todos apresentam graduação, sendo que três profissionais com formação superior em outra área de conhecimento, 75% dos professores apresentam especialização e 18,75% pós-graduação stricto sensu. Metade dos docentes trabalham em apenas uma escola e a quantidade média de aulas lecionadas são de vinte e seis aulas semanais por professor e alguns docentes lecionam outras disciplinas como química, física e educação física. Além disso, foi perguntado qual estratégia poderia ser usada para melhorar a aprendizagem dos alunos e a maioria dos professores responderam a realização de aulas práticas, porém apenas três escolas apresentam laboratório de ciências. Essa breve análise permiti concluir a importância de ações para melhorar o ensino de ciências nas escolas públicas nesses municípios, como troca de experiências entre docentes, implementação de projetos pedagógicos e laboratórios.

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

2022-07-08

Como Citar

SANTOS MERLIM, R. dos; FERREIRA SOARES PASSOS, L. .; PIRES DA SILVA, R. B. . Análise do ensino de ciências nas escolas públicas nos municípios de Aperibé, Cambuci, Itaocara e São Fidélis e elaboração de atividades lúdicas para a temática “Matéria E Energia” com perspectiva agroecológica segundo a nova base nacional comum curricular (BNCC). Mostra de Extensão IFF - UENF - UFF - UFRRJ, [S. l.], v. 13, 2022. Disponível em: https://anais.eventos.iff.edu.br/index.php/mostradeextensao/article/view/844. Acesso em: 13 jul. 2024.