Esporotricose em Campos dos Goytacazes

diagnóstico, controle e prevenção

Autores

  • Gabriela Martins Pereira Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF)
  • Lorena Costa Araújo Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF)
  • Paula Ramalho Marques Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF)
  • Gustavo de Sousa Gomes Moreira Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF)
  • Sarah Ormonde Cardoso Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF)
  • Lucas Souza da Silva Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF)
  • Giulia Del Giudice Figueiredo de Araujo Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF)
  • Felipe Augusto Santos Ferreira Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF)
  • Adriana Jardim de Almeida Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF)

Palavras-chave:

Esporotricose, Fungo, Medicina Veterinária

Resumo

A esporotricose é uma micose subcutânea de caráter zoonótico, e causadora de lesões de difícil cicatrização sacusada por fungos do Gênero Sporothrix spp. A transmissão zoonótica ocorre através de mordedura, arranhadura ou contato com a secreção das lesões de animais doentes. O objetivo deste trabalho foi contabilizar os atendimentos realizados em animais com suspeita de esporotricose em Campos dos Goytacazes-RJ, de setembro de 2020 a setembro de 2021, além de realizar o mapeamento dos bairros afetados. Os animais foram atendidos no Hospital Veterinário da UENF, e as amostras colhidas com swab estéril foram encaminhadas ao Laboratório de Sanidade Animal para citologia e cultura micológica. Após a confirmação dos casos positivos, o tratamento clínico foi prescrito. Foram atendidos 89 animais, sendo 49 machos (55,06%) e 40 fêmeas (44,94%), 87 felinos e 2 caninos. Dos felinos, 63 foram diagnosticados positivos (72,41%) para a doença. E dos caninos, 1 foi diagnosticado como positivo (50%). A doença encontra-se disseminada por todo o município, no entanto, muitos tutores desconhecem os cuidados profiláticos, o que reforça a necessidade do projeto na conscientização populacional acerca desta doença e suas consequências na saúde pública.

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

2022-07-08

Como Citar

MARTINS PEREIRA, G.; COSTA ARAÚJO, L.; RAMALHO MARQUES, P.; SOUSA GOMES MOREIRA, G. de; ORMONDE CARDOSO, S.; SOUZA DA SILVA, L.; DEL GIUDICE FIGUEIREDO DE ARAUJO, G.; SANTOS FERREIRA, F. A.; JARDIM DE ALMEIDA, A. Esporotricose em Campos dos Goytacazes: diagnóstico, controle e prevenção. Mostra de Extensão IFF - UENF - UFF - UFRRJ, [S. l.], v. 13, 2022. Disponível em: https://anais.eventos.iff.edu.br/index.php/mostradeextensao/article/view/1431. Acesso em: 18 jul. 2024.