Coleta seletiva

elo da cadeia de reciclagem e recuperação dos resíduos uma atividade da gestão de recursos

Autores

  • Raphaelle de Assis Viana Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro
  • Julliane Haddad Barcellos Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro
  • Thaís da Silva Pessanha Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro
  • Perly Monteiro Jacinto Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro
  • Felipe Aquino Leite Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro
  • Paulo Victor Teles Silva Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro
  • Gudelia Morales de Arica Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro

Palavras-chave:

Extensão de vida útil de produtos, Logística reversa, Economia circular, Sustentabilidade

Resumo

Pensar num mundo sem poluição e com maior aproveitamento dos recursos naturais é uma tarefa ainda difícil nas cadeias produtivas atuais (extraem, transformam, consumem e descartam), entretanto incluindo os princípios do conceito de Economia Circular (EC), que propõe para os resíduos: redução e utilização racional que minimize impactos. Então, ao falar em EC, deixar de lado o catador seria impossível, pertence a cadeia de recuperação dos resíduos, porém encontram grande dificuldade de inclusão social-e- econômica, embora sua expertise e o respaldo da Lei PNRS. Após pesquisa bibliográfico afirma-se que a EC preocupa-se com um produto desde o seu design de modo a implementar o paradigma cradle-to-cradle (do berço ao berço) orientando escolha de materiais, processos e até o retorno de resíduos à cadeia produtiva insumo. Os catadores identificaram os resíduos em seus empreendimentos de sobrevivência. Se combinados obter-se-á crescimento econômico com inclusão social e mais: desenvolvimento sustentável e resiliente. Diminuir resíduos e aprimorar sua gestão são preocupações mundiais, desse modo planejando a produção e possibilitando a reciclagem poderá se ganhar qualidade de vida hoje e um planeta habitável para as gerações futuras. O que mostra que a EC no Brasil deverá contemplar um pilar social, necessário a ser desenvolvido, pensando-se na inclusão, organização e na renda dos catadores. Propiciar para que catadores em associações-ou-cooperativas, em redes de cooperativaspossam participar da economia em escala, diminuição custos visando sua autogestão; uma vez que sustentam, em alta porcentagem, a indústria da Reciclagem. Este projeto de Extensão, do curso de Engenharia de Produção divulga a coleta seletiva e valoriza o trabalho dos catadores. Inculca nos alunos, funcionários e equipe atuarem como agentes de transformação, aplica Planejamento e Projeto de Produto. Divulga a atividade ecológica dos catadores ao recuperar recursos, fechando o ciclo do fluxo de materiais, importante na EC.

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

2022-07-08

Como Citar

ASSIS VIANA, R. de .; HADDAD BARCELLOS, J. .; SILVA PESSANHA, T. da .; MONTEIRO JACINTO, P. .; AQUINO LEITE, F.; TELES SILVA, P. V. .; MORALES DE ARICA, G. . Coleta seletiva: elo da cadeia de reciclagem e recuperação dos resíduos uma atividade da gestão de recursos. Mostra de Extensão IFF - UENF - UFF - UFRRJ, [S. l.], v. 13, 2022. Disponível em: https://anais.eventos.iff.edu.br/index.php/mostradeextensao/article/view/1420. Acesso em: 18 jul. 2024.