Lar da Flor

Uma segunda chance

Autores

  • Giseli Cavalcanti de Albuquerque Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF)
  • Maria Maroni Buter Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF)
  • Geovana Melo Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF)
  • Samara Fortini Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF)
  • Paula Alessandra Di Filippo Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF)

Palavras-chave:

Zoonoses, Maus tratos, Saúde única, Castração

Resumo

O lar da flor é um projeto de extensão que visa amenizar os maus tratos sofridos pelos gatos que muitas vezes são abandonados e circulam pelo campus da UENF. Contribuir para a redução da população de animais errantes, orientar sobre as zoonoses e o manejo correto dos animais também é objetivo do projeto. Os animais recolhidos são conduzidos ao abrigo onde recebem todos os cuidados e tratamentos específicos a cada enfermidade e após recuperação são encaminhados para a castração cirúrgica, e na sequência, direcionados para a adoção responsável. Os dados dos animais bem como do adotante, são registrados em um livro. A comunidade pode ter acesso ao trabalho realizado pelo projeto através das redes sociais, pela página no facebook (lar da Flor) e no instagram (@lardaflor_uenf). Nesses canais são divulgados dados de animais para adoção, orientações sobre saúde e bem-estar animal, e sobre o forte impacto que o abandono causa na vida destes animais e na sociedade com o um todo, pois muitos acabam contraindo doenças as quais, muitas vezes são importantes zoonoses. Mesmo com a pandemia o projeto manteve-se em funcionamento e até o momento 22 felinos foram tratados e doados, e no abrigo, neste momento, encontram-se 12 felinos em tratamento. Os animais são doados somente após passarem pelo protocolo anti-helmíntico e serem vacinados e castrados. No período 186 animais (cadelas, gatas, cães e gatos) foram esterilizados cirurgicamente. Toda equipe do projeto se empenhou para cumprir com todas as atividades, mantendo as normas de proteção e distanciamento social para que o projeto continuasse agregando para a sociedade, minimizando a dor e sofrimento desses animais. Animais que muitas vezes foram vitimas de maus tratos e covardemente abandonados, e com a castração e a doação responsável, estamos contribuindo para diminuir o número de animais errantes, evitando também a disseminação de zoonoses.

Biografia do Autor

Giseli Cavalcanti de Albuquerque, Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF)

Discente do Curso de Medicina Veterinária; Bolsista de Extensão UENF.

Maria Maroni Buter, Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF)

Discente do Curso de Medicina Veterinária; Bolsista de Extensão UENF.

Geovana Melo, Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF)

Médica Veterinária; Bolsista Universidade Aberta UENF.

Samara Fortini, Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF)

Médica Veterinária; Bolsista Universidade Aberta UENF.

Paula Alessandra Di Filippo, Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF)

Coordenadora do Projeto; LCCA/CCTA/UENF.

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

2022-07-08

Como Citar

CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE, G.; MARONI BUTER, M.; MELO, G.; FORTINI, S.; DI FILIPPO, P. A. Lar da Flor: Uma segunda chance. Mostra de Extensão IFF - UENF - UFF - UFRRJ, [S. l.], v. 13, 2022. Disponível em: https://anais.eventos.iff.edu.br/index.php/mostradeextensao/article/view/1406. Acesso em: 19 jul. 2024.