Avaliação higiênico-sanitário dos estabelecimentos que comercializam carne in natura no município de Campos dos Goytacazes - RJ

Autores

  • Alexandra Santos Rocha Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF)
  • Caroline Tomaz Martins Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF)
  • Helenkegth dos Santos Martins Alves Lisboa Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF)
  • Igor Bonato Gonçalves Almeida Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF)
  • Sabrina Teixeira da Silva Moraes Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF)
  • Fábio da Costa Henry Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF)

Palavras-chave:

Qualidade dos alimentos, Boas práticas, DTAs, Microbiologia

Resumo

A incidência de falhas nas etapas de produção de carne nos comércios varejistas revela, anualmente, frequência de registros nos órgãos de fiscalização responsáveis e casos de intoxicação alimentar entre a população. A casuísta advém, em especial, sobre a ausência de boas práticas nesses estabelecimentos, principalmente na etapa de manipulação. Com intuito de integrar o conhecimento acadêmico com a sociedade, o projeto de extensão do Setor de Tecnologia de Produtos de Origem Animal do Laboratório de Tecnologia de Alimentos do Centro de Ciências e Tecnologias Agropecuárias na Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (STPOA/LTA/CCTA/UENF) tem por objetivo avaliar as condições de comercialização das carnes in natura na cidade de Campos dos Goytacazes. Para o desenvolvimento do trabalho foi feito um levantamento dos estabelecimentos que comercializam carnes diretamente ao consumidor, avaliando condições higiênico-sanitárias com posterior avaliação microbiológica e físico-química dessas carnes por meio da aplicação de um checklist, com base na RDC ANVISA nº 216/2004 (BRASIL, 2004) e Decreto Estadual nº 6538/1983 (RIO DE JANEIRO, 1983). Para a classificação do checklist, A (100 % -80%), B (79% - 50%), C (49% -20%) e D (19% - 0%). Dos 20 estabelecimentos avaliados, dez foram classificados como A, sete como B e 2 para C e somente 1 na posição D. O resultado dispõe que ainda que a classificação A seja a maioria, o quantitativo de estabelecimentos de B a D quando somados se equiparam a classificação A, sendo um dado preocupante aos consumidores quando observamos a compra feita por casualidade na cidade. Ainda que a maioria dos estabelecimentos avaliados estejam em boas condições higiênico-sanitárias, permanecem ainda estabelecimentos em condições abaixo do padrão exigido. Para isso, discorre acerca da necessidade de conhecimento de boas práticas por parte de toda a cadeia de produção, a fim de elucidar a importância da saúde pública.

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

2022-07-08

Como Citar

SANTOS ROCHA, A.; TOMAZ MARTINS, C.; SANTOS MARTINS ALVES LISBOA, H. dos; BONATO GONÇALVES ALMEIDA, I.; TEIXEIRA DA SILVA MORAES, S.; COSTA HENRY, F. da. Avaliação higiênico-sanitário dos estabelecimentos que comercializam carne in natura no município de Campos dos Goytacazes - RJ. Mostra de Extensão IFF - UENF - UFF - UFRRJ, [S. l.], v. 13, 2022. Disponível em: https://anais.eventos.iff.edu.br/index.php/mostradeextensao/article/view/1405. Acesso em: 19 jul. 2024.